inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Gmail terá microblog para enfrentar Twitter e Facebook

09 de fevereiro de 2010 13h49

O Google está tentando avançar na área de mídias sociais adicionando novos recursos ao Gmail, seu popular serviço de e-mail.

» Veja as áreas de atuação de Google, Apple, Microsoft e Yahoo
» Facebook quer potencial publicitário superior ao Google Ads
» Siga o Terra no Twitter

Até o final da semana, segundo o jornal The New York Times, o Google irá introduzir um espaço no Gmail que permitirá aos usuários postar e ver mensagens curtas - uma função semelhante às atualizações existentes no Twitter e no Facebook.

A mudança permitirá que quem estiver conectado ao Gmail possa ver o que seus amigos e conhecidos estão fazendo. Como no Twitter, será permitida apenas uma mensagem curta por vez. Não está estebelecido o limite de toques. No Twitter, é de 140, mas o Facebook permite mensagens maiores.

Apesar de nunca ter levado adiante o Orkut em termos mundiais- o site é popular do Brasil e na Índia, mas jamais foi um produto de ponta dentro da companhia -, o Google dá sinais de que mantém a pretensão de se tornar uma força entre as mídias sociais. "O dispositivo parece ser um avanço menor, mas este é outro tiro de canhão na guerra contra o Facebook", disse ao jornal Jeremiah Owyang, sócio da consultoria de tecnologia Altimeter.

Além do Orkut, o Google também mantém no ar o Sidewiki, que permite aos usuários compartilhar links e um serviço de perfis no qual as pessoas cadastradas podem atualizar informações sobre si mesmas. A novidade é que o dispositivo no Gmail permitirá que tudo seja feito no mesmo site.

O Google, de fato, se vê atualmente na mesma posição da Microsoft, que há anos tenta - sem muito sucesso - avançar para novas áreas além de sua tradicional. Rival do Google em diversos serviços, a Microsoft investiu numa parceria com o facebook em 2007. Na semana passada, o Facebook decidiu remover os anúncios da Microsoft de seu site, mantendo, no entanto, a parceria em publicidade no serviço de buscas.

Para enfrentar a parceria Microsoft-Facebook, uma das estratégias do Google é integrar serviços como o YouTube e a galeria de fotos Picasa.

Redação Terra