inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Intel apresenta software que "lê" pensamentos

08 de abril de 2010 14h49

Intel mostra sistema que lê o cérebro para determinar no que as pessoas estão pensando. Foto: AP

Intel mostra sistema que "lê" o cérebro para determinar no que as pessoas estão pensando
Foto: AP

A Intel Corp apresentou na última quarta-feria um software que escaneia o cérebro humano e é capaz de determinar o que a pessoa está pensando.

» Cientistas dizem ser capazes de ler a mente das pessoas
» Tecnologia que imita olho humano pode mudar relação com PCs
» GIntel planeja aumentar vendas de chips no Japão, diz jornal
» Siga o Terra no Twitter

A análise é feita através de ressonância magnética, determinando quais partes do cérebro de uma pessoa estão sendo ativadas no momento que ela está pensando. Nos testes, o software conseguiu decifrar entre duas palavras, com 90% de precisão, qual delas a pessoa estava pensando, disse Dean Pomerleau pesquisador da Intel Labs.

De acordo com o site The Huffington Post, eventualmente, a tecnologia poderia ajudar deficientes físicos a se comunicarem. Pomerleau vê o software como um passo inicial em direção a um dia sermos capazes de controlarmos a tecnologia com as nossas mentes.

No momento, os resultados projeto são ainda modestos. O software ainda não foi adaptado para analisar os pensamentos abstratos. O sistema funciona melhor quando a varredura no cérebro é feita enquanto a pessoa está tendo dezenas de pensamentos concretos - palavras como "urso" ou "martelo", por exemplo. Nesse sentido, nos testes, quando é pedido para a pessoa escolher um ou dois termos e pensar sobre eles, o software utiliza os resultados anteriores como base para determinar o que a pessoa está pensando.

O software funciona analisando atributos comuns de palavras diferentes. Por exemplo, uma pessoa que esteja pensando em um urso usa as mesmas partes do cérebro quando pensa em um cachorro ou algo mais peludo.

Redação Terra