inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Garoto come 13 baratas em troca de iPod

12 de julho de 2005 15h40 atualizado às 16h36

Um concurso realizado no Palisades Center em Nova York deu um iPod a quem comesse mais baratas assadas sem usar as mãos. O vencedor foi Shai Pariente, de 22 anos, que comeu 13 baratas - uma a mais que o segundo colocado, Noam Gil, de 23 anos. "Estavam boas. Crocantes e salgadas. Eu comeria de novo", disse Pariente, feliz por entrar na modernidade com seu music player no bolso.

Bettie Abney, de 15 anos, comeu apenas dois petiscos e saiu para vomitar. A terceira colocada, Elisabeth Dominguez, de 19 anos, degustou três baratas e segiu Abney após ter engasgado. As baratas foram preparadas por David George Gordon, chef especializado no assunto e autor de The Eat-a-Bug Cookbook (O Livro de Receitas Para Comer Insetos). A competição foi organizada pelos distribuidores do filme A Rainforest Adventure: Bugs! in 3D (Uma Aventura na Floresta Tropical: Insetos! em 3D), que mostra as aventuras de um louvadeus e uma lagarta pelas selvas de Bornéu.

O chef já compareceu a 22 eventos em diversas localidades norte-americanas e duas no exterior para promover o filme e o hábito de comer insetos preparados na cozinha, muito comum em várias culturas orientais. "Eles são ricos em proteínas, cálcio e contém poucos carboidratos e gordura." disse Gordon, praticamente um ativista da causa alimentar. "Animais grandes como vacas e porcos ocupam muito espaço, produzem mais gás metano, comem mais do que os insetos e são tão eficientes quanto na produção de proteína."

Magnet
Magnet