inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Saiba mais sobre o programa "PC para Todos"

A partir da próxima semana, já deverão estar disponíveis nas lojas em todo o País os computadores de baixo custo do Programa Cidadão Conectado (Computador para Todos). De acordo com o ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, a expectativa é que sejam vendidos, de imediato, cerca de 500 mil PCs populares.

  • PC popular começa a chegar às lojas
  • BNDEs financia para lojistas

    Até o final de 2006, o ministério projeta venda de mais de dois milhões de máquinas. O programa foi criado para promover a inclusão digital e também para incentivar a produção nacional. Abaixo, você confere as dúvidas mais comuns sobre o assunto, e a resposta.

    O que é o "Computador para Todos"?
    É um programa de financiamento de computadores, com preço máximo de R$ 1,4 mil, que faz parte do Programa Cidadão Conectado. Lojas certificadas terão isenção do PIS e Cofins, possibilitando uma redução no preço final do produto.

    Qual a configuração do computador?
    Processador de 1,5 GHz, disco rígido de 40 GB, monitor de 15 polegadas, teclado, mouse, CD-ROM, disco flexível de 1,44 Mb, memória de 128 MB, placa de fax modem e sistema operacional Linux, além de mais de 20 aplicativos de software livre como editor de texto, planilha, programa gráfico.

    Quanto vai custar?
    Dependendo da configuração, sairá no máximo R$ 1,4 mil. O valor máximo financiado pelo Banco do Brasil e pela Caixa é de R$ 1,2 mil, que pode ser dividido em até 24 parcelas de R$ 63,44 no mínimo, com juros de 2% ao mês. A diferença até 1,4 mil reais pode ser negociada pelo consumidor junto à loja. Quem quiser financiar valor inferior a R$ 1,2 mil também pode usar o crédito dos bancos credenciados, e a prestação mínima para este financiamente será de R$ 20 ao mês.

    O PC Popular terá acesso à Internet?
    O Ministério da Ciência e Tecnologia ainda está negociando um pacote de conexão à Internet, por R$ 7,5 mensais, para 30 horas de conexão.

    Qualquer um pode se beneficiar do "Computador para Todos"?
    O financiamento destina-se, em princípio, a pessoas que tenham renda de três a sete salários mínimos. Mas os interessados em adquirir a máquina que tenham renda superior também podem comprar o PC Conectado.

    Quem vai financiar?
    Os interessados terão acesso a financiamento facilitado, com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), no Banco do Brasil (BB), Caixa Econômica Federal (CEF) e Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

    É necessário ser cliente do banco?
    Na Caixa Econômica Federal, não é preciso ser correntista do banco, mas como as parcelas serão debitadas na conta, o cliente deverá abrir uma conta corrente ou poupança na CEF. Não há limite de renda, mas o interessado deverá comprovar sua capacidade de pagamento. A taxa de abertura de crédito é de R$ 40. Quem já é cliente do banco tem crédito pré-aprovado.

    No Banco do Brasil, a linha de crédito pode ser adquirida pelos correntistas do BB via cartão de débito eletrônico, que é filiado à Visa. A Taxa de Abertura de Crédito (TAC) do BB Crediário PC Conectado corresponde a 3% do valor do contrato na abertura de crédito - depende do valor financiado e do número de prestações.

    Qual é o procedimento para comprar a máquina?
    Depois de aprovado o crédito na Caixa Federal, o consumidor deve ir até uma loja com o comprovante do banco e escolher sua máquina. Então, retorna à agência da Caixa para assinar o contrato e o valor do equipamento será liberado com cheque administrativo ou crédito na conta corrente da loja.

    No Banco do Brasil, o correntista escolhe o computador em uma das lojas credenciadas ao programa e paga com seu cartão de débito do banco. A primeira parcela vencerá 59 dias depois da liberação do financiamento.

    Empresas podem fazer convênios que beneficiem seus funcionários na compra do PC Conectado?
    De acordo com o Ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezendo, o programa contempla convênios com empresas para que os funcionários tenham facilidades na obtenção do computador popular, com pagamento feito via desconto em folha, mas ainda não foram divulgados mais detalhes sobre essa modalidade.

  • Redação Terra