inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Jovem quer digitar Machado de Assis pelo celular

13 de dezembro de 2005 15h35 atualizado às 15h41

Um universitário paulista fanático por mensagens de celular quer ser a primeira pessoa do mundo a digitar por completo um livro clássico usando o teclado do seu telefone. Para facilitar a digitação, todo o processo será feito em "ddonês", um português fonético e abreviado, muito usado por jovens para enviar SMS.

O jovem, identificado somente como Fernando, está publicando, aos poucos, o texto do livro Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis (ou Maxado de Acis, em ddonês), em um blog - todo via celular. Até agora Fernando já digitou e publicou dois capítulos da obra.

Leia a seguir uma reprodução, em ddonês, do trecho inicial de Memrias postmas d bras cubas, d Maxado d Acis, retirado do blog http://brascubas.moblog.vivo.com.br/v1/moblog.aspx.

Alg1 tmpo hesitei c dvia abrir stas memorias plo principio ou plo fim, i.eh, c poria em 1ro lugar o meu nasc ou minha mort. Suposto o uso vulgar sja comecar plo nasc, 2 considercoes m levaram a adotar dferent metodo: a 1ra eh n sou propriament 1 autor defunto, mas 1 defunt autor, pra kem a campa foi outro berco; a 2da eh q o scrito fikria assim + galant e + novo. Moises, q tb contou sua mort, n a pos no introlito, mas no cabo; diferenca radcal entr este livro e o pentateuco.

Redação Terra