inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Bélgica vai testar o primeiro jornal em papel eletrônico

23 de fevereiro de 2006 12h00

A Bélgica fará uma experiência e começará a testar, a partir de abril, a publicação de uma versão do diário De Tijd, da Antuérpia, em papel eletrônico. A experiência vai durar três meses, com 200 assinantes. Durante esse tempo, em vez de comprar o jornal todo dia, eles vão conectar à Internet um aparelho eletrônico fornecido pelo De Tijd no qual poderão baixar o conteúdo do jornal, que será atualizado automaticamente ao longo do dia.

O aparelho eletrônico é uma tela fina como uma folha de papel, com o tamanho aproximado de dois laptops. Ele gasta cem vezes menos energia do que um monitor de laptop comum. Com capacidade de armazenamento de 244 MB, o equipamento pode gravar um mês de jornais e mais 30 livros, de acordo com a agência Estado. A "tinta eletrônica" reproduz 16 tons de cinza.

Os leitores podem utilizar um marcador especial para destacar trechos do texto na tela. Ao tocar um anúncio, abre-se automaticamente o site do anunciante. A empresa E-Ink já estuda a fabricação de uma tela colorida para o papel eletrônico. A experiência do jornal, se for bem-sucedida, vai gerar o estudo de um modelo de negócios com base nos resultados.

Redação Terra