inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Holanda usará identificação por digital para vender maconha

22 de março de 2006 10h16

Cafés da Holanda, que vendem maconha em pequenas quantidades para uso pessoal, estão utilizando um sistema de identificação por impressão digital para impedir que menores de idade consumam no estabelecimento.

As lojas não são autorizadas a vender a droga para menores de 18 anos e utilizam um catálogo de identificação fotográfica para barrar os que tentarem. Porém, devido à fragilidade do antigo método, o novo recurso será adotado pelo governo.

As primeiras lojas a disponibilizar o sistema são a Inpetto, em Rotterdam, a Birdy, em Haarlem, e a Rotterdammertje, em Doetinchem. Os clientes precisam registrar-se nas lojas para comprar, entretanto detalhes pessoais não serão armazenados no sistema.

A tecnologia foi desenvolvida pela empresa FingerIdent, companhia recentemente adquirida por Gerrie Mansur, membro do lendário grupo hacker holandês Hit2000. Segundo Mansur, o sistema pode conferir 35 mil impressões digitais em menos de 1 segundo.

Magnet
Magnet