inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Homem usa a Web para trocar clipe de papel por casa

17 de abril de 2006 09h45 atualizado às 10h05

Kyle MacDonald conseguiu até agora um ano de aluguel. Foto: AP

Kyle MacDonald conseguiu até agora um ano de aluguel
Foto: AP

Kyle MacDonald tinha um clipe de papel vermelho e um sonho: utilizar o poder da comunidade de escambo da Internet para trocar seu clipe por algo melhor, seguindo as trocas até conseguir uma casa. MacDonald ainda não está lá, mas já tem aluguel de graça por um ano.

"É impressionante", ele disse ao telefone, de Montreal, no Canadá, onde ele e sua namorada, Dominique Dupuis, moram com dois colegas de quarto. "Mas ainda seguirei as trocas até conseguir uma casa. É uma obsessão."

A história começou em julho do ano passado. MacDonald havia passado anos como nômade, entregando pizzas e fazendo outros bico. Ele pagava seu aluguel de US$ 300 promovendo produtos em feiras de troca.

MacDonald então resolveu anunciar na seção de escambos do site Craiglist.org. Ele oferecia um clipe de papel vermelho e queria em troca apenas algo melhor. Quando ele estava em Vancouver, duas mulheres lhe deram uma caneta em forma de peixe pelo clipe.

Naquele mesmo dia, MacDonald foi a Seattle. No aeroporto, ele parou para ver a artista Annie Robbins, que havia visto seu anúncio no site. Ela gostou da atitude anti-consumista e respondeu à troca. MacDonald agora era dono de uma maçaneta de cerâmica com um rosto risonho, feita pelo filho de um artista amigo de Robbins.

O próximo da lista foi Shawn Sparks, que estava se mudando e é um grande fã dos escambos da Craiglist, tento conseguido seu carro através de uma troca por um notebook usado. Sparks ofereceu a MacDonald um fogareiro de acampamento.

MacDonald então deu o fogareiro a um sargento da marinha em troca de um gerador, que foi mais tarde trocado por um "pacote de festa instantâneo", em Nova York. O kit consistia em um barril de cerveja e um luminoso de neon. Mas antes de conseguir negociar o item, o departamento de bombeiros confiscou o equipamento alegando um vazamento de gás.

"Se isso fosse um filme, esta seria a parte onde eu fico perto de perder tudo", disse ao lembrar da agústia. MacDonald recuperou o gerador e foi a Montreal, onde conseguiu trocá-lo por um snowmobile, uma espécie de moto para a neve, com um DJ.

Agora o blog de MacDonald já estava ficando popular (http://oneredpaperclip.blogspot.com). Uma revista de snowmobiles ofereceu a ele uma viagem até Yahk, uma vilarejo nas montanhas canadenses. O passeio foi para Bruno Taillefer, que trabalhava em uma empresa de mudanças e conseguiu um caminhão da companhia para MacDonald.

O veículo foi para um músico que procurava uma forma de transportar seus equipamentos. Em troca, o músico, que trabalha em um estúdio de gravação, arranjou um contrato para qualquer artista gravar.

MacDonald deu o contrato para Jody Gnant, uma cantora de Phoenix, dona de um apartamento duplex, onde Kyle MacDonald está agora. Em menos de um ano, Kyle conseguiu trocar um clipe de papel vermelho em um ano de moradia.

Segundo Kyle, diversos estúdios de Hollywood já se interessaram por sua história. Mas ele não aceita presentes ou trocas muito discrepantes, que corromperiam toda sua idéia.

AP - Copyright 2007 Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.