PUBLICIDADE

Brasil pediu dados de 857 usuários do Facebook, diz relatório

O Facebook lançou seu primeiro relatório de transparência, que mostra os países que mais requisitaram informações sobre os usuários da rede social

27 ago 2013 - 12h58
(atualizado às 13h38)
Ver comentários
Publicidade
<p>Facebook é uma das empresas envolvidas no escândalo de espionagem dos Estados Unidos</p>
Facebook é uma das empresas envolvidas no escândalo de espionagem dos Estados Unidos
Foto: Robert Galbraith / Reuters

O Facebook divulgou nesta terça-feira seu primeiro relatório de transparência, que mostra o número de pedidos de informações de usuários feitos por autoridades de diversos países. O relatório mostra que o Brasil fez 715 solicitações de informações sobre 857 usuários brasileiros no primeiro semestre do ano. Em 33% delas, foi revelada alguma informação.

O país que mais pediu informações sobre usuários no período foi os Estados Unidos, com cerca de 12 mil solicitações de quase 21 mil usuários. Em 79% dos casos foram revelados algum tipo de informação. No total, autoridades de 74 países pediram dados de cerca de 38 mil usuários da rede social.

"Analisamos as requisições levando em conta os nossos termos, a legislação aplicável e ainda exigimos uma descrição detalhada de bases factuais e legais para cada requisição. Contestamos muitas dessas requisições quando encontramos deficiências legais ou quando identificamos requisições amplas ou vagas. Quando precisamos cumprir com um pedido em especial, normalmente compartilhamos uma única informação básica da conta, como o nome do usuário", afirmou no relatório o conselheiro-geral do Facebook, Colin Stretch.

Este é o primeiro relatório de transparência divulgado pelo Facebook, e segue iniciativas semelhantes de outras empresas de internet, como Twitter e Google, que tornam públicos pedidos de remoção de conteúdo e de dados de usuários por governos. Os dados vêm depois da descoberta do Prism, programa de vigilância dos Estados Unidos em empresas como Facebook, Google, Microsoft e Apple.

O relatório completo está disponível no Facebook.

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://tecnologia.terra.com.br/infograficos/sedes-da-tecnologia/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://tecnologia.terra.com.br/infograficos/sedes-da-tecnologia/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade