1 evento ao vivo

Depois do LinkedIn, eHarmony confirma violação de dados

7 jun 2012
16h32
atualizado às 16h52

Depois do LinkedIn, o site de relacionamento eHarmony também confirmou ter sofrido violação de dados que comprometeu as senhas de parte de seus usuários. De acordo com nota publicada no site, apenas uma "pequena fração" foi afetada.

No comunicado, o eHarmony informa que, como precaução, as senhas afetadas serão redefinidas. Os membros receberão um e-mail com instruções sobre como proceder.

Segundo o site Ars Technica, ao todo, 8 milhões de senhas teriam sido atingidas, sendo que 1,5 milhão pertencem a usuários do eHarmony e 6 milhões eram da rede social para profissionais LinkedIn.

Ontem, o LinkedIn confirmou em postagem no seu blog oficial que as senhas de alguns usuários da rede social vazaram na web. Os dados foram encontrados por profissionais de segurança em sites nos quais hackers frequentemente trocam informações roubadas. Os arquivos incluem apenas senhas e não os endereços de e-mails correspondentes, o que significa que as pessoas que fizeram o download do arquivo e decodificaram as senhas, não poderam acessar os perfis facilmente.

Ainda assim, analistas disseram que é provável que os hackers que roubaram as senhas também tenham os endereços de e-mails correspondentes e poderiam acessar suas contas.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade