0

EUA: fundador do site NinjaVideo é condenado a 14 meses de prisão

20 jan 2012
23h43
atualizado em 21/1/2012 às 00h04
  • separator
  • comentários

O Departamento de Justiça americano anunciou nesta sexta-feira que um dos fundadores do site NinjaVideo.net, especializado, segundo autoridades, na oferta de vídeos ilegais, foi condenado a 14 meses de prisão.

Matthew Smith, 24 anos, declarou-se culpado em setembro, em um tribunal federal de Alexandria, nos arredores de Washington. Após cumprir a pena, Smith continuará sob liberdade vigiada por dois anos, e terá que pagar mais de 172 mil dólares de multa e entregar às autoridades contas bancárias e equipamentos de informática.

Autoridades americanas anunciaram em setembro processos contra cinco pessoas, uma delas de origem grega, acusadas de terem permitido que milhões de internautas baixassem ilegalmente cópias de filmes e programas de TV.

Entre fevereiro de 2008 e seu fechamento, em junho de 2010, o NinjaVideo registrou uma receita de mais de 500 mil dólares, dos quais Smith teria ficado com 172.387. A principal responsável pelo site, Hana Amal Beshara, foi condenada no último dia 6 a 22 meses de prisão, e a devolver US$ 210 mil dólares. Outros três cúmplices aguardam sua sentença.

AFP   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade