publicidade
10 de maio de 2010 • 18h18 • atualizado às 20h40

Fundador faz cruzada contra pornografia na Wikipedia

Jimmy Wales disse que o conselho da Wikimedia apóia sua posição
Foto: / Terra Argentina
 

Jimmy Wales, um dos fundadores da Wikipédia, iniciou recentemente uma cruzada contra imagens pornográficas, requerendo a remoção de centenas de imagens que sejam exclusivamente "de uso lascivo".

A decisão de remover as imagens chega a público cerca de um mês depois da reclamação de outro fundador da Wikipédia, Larry Sagner, que relatou ao FBI que a Wikimedia Foundation hospedava em seus servidores conteúdos relacionados a abuso sexual de crianças, informa o site PC PRO.>

"Não temos esse tipo de material ilegal. Se tivéssemos, iríamos removê-lo", garantiu a Wikimedia, que negou ter sido contatada por oficiais de justiça.

Ainda assim, como uma maneira de evitar discussões e encorajar a remoção de tais conteúdos o mais breve possível, Wales conclamou um "projeto de limpeza em larga escala" dos sites da Wikimedia. "Estou aqui em público para dar apoio aos administradores que estiverem preparados para implementar padrões de qualidade e eliminar a grande quantidade do que só pode ser caracterizado como imagens inadequadas de coleções particulares de pornografia", disse Wales.

Jimmy Wales chegou inclusive a ameaçar os administradores que questionarem a sua recomendação de que perderiam suas credenciais, e enquanto diversas imagens tem sido excluídas da base de dados, ele garante que o conselho da Wikimedia Foundation irá apresentar em breve um comunicado, dando apoio à sua decisão, de acordo com o site The Register.

Questionado por suas decisões imperativas e arbitrárias, Wales respondeu revogando seus privilégios de fundador, o que significa que futuras decisões como essa precisarão ser discutidas. A desistência de seus privilégios, no entanto, não tem nenhum impacto sobre as medidas já tomadas.

Geek