2 eventos ao vivo

Google em português ganha busca baseada no conhecimento humano

4 dez 2012
15h05
atualizado às 15h10

O Google anunciou nesta terça-feira que sua busca em português e em outras seis línguas ficará mais "inteligente", trazendo resultados mais completos para as pesquisas que o simples ranqueamento de resultados. O "Painel do Conhecimento" foi lançado em maio nos Estados Unidos, e chega agora, além do português, no motor de busca espanhol, francês, alemão, japonês, russo e italiano.

O Painel de Conhecimento leva em consideração diferentes sentidos para a mesma palavra
O Painel de Conhecimento leva em consideração diferentes sentidos para a mesma palavra
Foto: Reprodução

Infográfico: Quanto viaja uma busca? Veja 10 curiosidades sobre o Google

O novo processo de busca tenta identificar de maneira rápida o contexto em torno das palavras-chaves procuradas pelos usuários. Isso significa, segundo o Google, que o buscador reduzirá os resultados ao que o usuário realmente procura. Uma nova coluna de resultados à direita mostrará novas informações relevantes para a busca.

"Se você é fã de futebol, uma busca por 'Corinthians' no Brasil trará informações como os títulos mais recentes que o time conquistou - tudo no seu idioma", disse o gerente de Produto Aaron Brown em postagem no blog oficial da companhia. "Isso é mais do que apenas tradução. O Painel de Conhecimento precisa levar em consideração diferentes sentidos para a mesma palavra - o significado de 'futebol' nos EUA é diferente de seu significado na Europa. Também precisa reconhecer o que é mais importante em uma região específica - Santos Dumont é famoso no Brasil, portanto ele tem mais destaque no Painel do Conhecimento em português", afirmou o executivo.

Em evento no Chile em maio deste ano, o diretor de engenharia do Google para a América Latina, Berthier Ribeiro-Neto, afirmou que o Google do futuro vai adivinhar as buscas para o usuário. "Que tal já pesquisar, por conta própria, como estará o clima na cidade, para sugerir ao usuário se é preciso levar um guarda-chuva? Temos tecnologia para isso, e é para aí que deve caminhar nosso sistema de buscas", afirmou.

Berthier acredita que a busca por inferência, ou seja, feita a partir da conclusão lógica de informações anteriores passadas pelo usuário, é o próximo passo na evolução do buscador, primeiro e principal produto da empresa californiana.

Fonte: Terra
publicidade