0

Hackers fizeram o PayPal perder US$ 5,57 milhões em ataques

23 nov 2012
10h34

Os ataques do grupo hacker Anonymous ao PayPal, em retaliação à decisão de negar pagamentos ao site WikiLeaks no ano passado, resultaram em perdas de US$ 5,57 milhões ao site de pagamentos online, informa o jornal Daily Mail.

O valor surgiu durante o julgamento de hackers envolvidos nos ataques de negação de serviço - quando uma página é bombardeada com mais acessos do que pode aguentar -, que derrubaram o site do PayPal e exigiram o trabalho de 100 técnicos para restabelecer o site.

Infográfico: Relembre os ataques hackers e a movimentação provocada pelo Wikileaks

Quatro jovens - Christopher Weatherhead, 22 anos, Ashley Rhodes, 28, Peter Gibson, 24, e um rapaz de 18 anos cujo nome não foi revelado pela justiça britânica, estão sendo acusados de conspiração.

Conforme o promotor Samit Patel, foi usada uma ferramenta gratuita disponível na internet chamada Low Orbit Ion Canon (LOIC). Uma vez baixado, o "canhão" pode ser usado para ataques por concentrar o tráfego de acesso para uma página específica. Patel também disse que o LOIC foi usado em conjunto com outro serviço, chamado AnonOps, que permite comandar computadores "zumbis" para atacar simultaneamente.

Grupo de jovens que faria parte do Anonymous passa por julgamento
Grupo de jovens que faria parte do Anonymous passa por julgamento
Foto: EFE
Fonte: Terra
publicidade