0

Hackers roubam dados de 4,5 milhões de pessoas nos EUA

Grupo de cibercriminosos da China invadiu uma das maiores empresas americanas de saúde

18 ago 2014
15h47
  • separator
  • comentários

Um dos maiores grupos de hospitais dos Estados Unidos, o Community Health Systems, disse que foi vítima de um ciberataque da China, que resultou no roubo de dados pessoais de 4,5 milhões de pacientes. As informações são da Reuters.

Foto: Reuters

Este seria o maior ataque do tipo já registrado, desde que o departamento de saúde e serviços humanos dos Estados Unidos começou a registrar essas falhas em 2009. Anteriormente, o maior ataque tinha acontecido no servidor do departamento de saúde pública de Montana, que afetou 1 milhão de pessoas.

Segundo a empresa de segurança FireEye, os criminosos aparentemente são de um grupo de hackers da China, que já invadiu outras empresas americanas de diversas indústrias. De acordo com as investigações da companhia, o grupo usou técnicas avançadas para invadir a organização e se manter dentro do sistema sem ser detectado.

A FireEye e oficiais da Community Health Systems não quiseram revelar o nome do grupo de hackers ou confirmar se o ataque estaria ligado ao governo chinês. As informações roubadas incluem nomes, endereços, datas de nascimentos, números de telefone e números de segurança social, mas não abrangem dados médicos. A companhia de saúde disse que removeu o software malicioso dos sistemas e que está avisando os pacientes e agência reguladoras sobre o caso.

Terra Antivírus Terra Antivírus
Proteja-se de vírus e de ameaças virtuais e consiga rastrear e bloquear o seu aparelho em caso de perda ou roubo. Assine já: planos com a tecnologia McAfee!

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade