2 eventos ao vivo

Homem é sentenciado a 3 anos de prisão por "piratear" filmes

3 dez 2012
07h54
atualizado às 07h56

Com uma condenação de 40 meses por compartilhar arquivos na internet, um dos membros do grupo IMAGiNE Group pegou a maior sentença dos Estados Unidos por disponibilizar arquivos na rede, informa o site da revista Wired.

O grupo, composto de cinco pessoas, gravava filmes que passavam apenas nos cinemas e então os disponibilizavam na internet.

A sentença foi dada por um juiz da Virginia a Gregory Cherwonik, 53 anos, de Nova York, depois de se declarar culpado por uma acusação de conspiração para infringir direitos autorais.

Conforme o processo, a associação da indústria cinematográfica nos Estados Unidos reconheceu o IMAGiNE como o grupo de maior sucesso na produção de cópias de filmes.

Em filmes como Capitão América: O Primeiro Vingador, alguns membros gravaram o filme com uma câmera, e outros gravaram o áudio com gravadores. Depois, as duas partes eram editadas e sincronizadas antes de serem compartilhadas na internet. Outros filmes compartilhados pelo grupo foram Avatar e Iron Man 2.

Junto com o IMAGiNE foram processados fóruns de discussão e buscadores de torrents (um protocolo de compartilhamento de arquivos na internet). Sentenças anteriores de casos similares incluíram 23 e 30 meses de prisão.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade