Internet

publicidade
04 de agosto de 2012 • 16h20 • atualizado às 16h54

Indígenas da Guatemala vão acessar Facebook em sua língua nativa

Versão em língua nativa estará disponível na próxima quinta-feira
Foto: AP
 

Os indígenas guatemaltecos da etnia Kakchiquel terão acesso à rede social Facebook em sua língua nativa a partir da próxima semana, graças a um aplicativo desenvolvido por engenheiros de computação americanos, informou neste sábado a imprensa do país da América Central.

O mecanismo foi criado pelo americano Robert Henderson para a ONG Wuqu' Kawoq e a ferramenta poderá ser utilizada por sete famílias a partir da próxima quinta-feira.

O criador da tecnologia explicou que o aplicativo rompe barreiras linguísticas pois no futuro permitirá que cerca de 700 mil guatemaltecos que falam Kakchiquel possam acessar o Facebook em sua língua materna.

Henderson disse que esta população indígena é excluída pois tem dificuldade de falar inglês ou espanhol. Segundo o americano, o Facebook é traduzido para 47 idiomas mas na Guatemala nenhuma comunidade pode utilizá-lo em sua língua nativa. O custo do projeto foi de US$ 100.

O endereço da rede social em Kakchiquel será washwuj.com, que significa Facebook em sua língua.

EFE