0

Menina de 3 anos compra escavadeira de R$ 24,6 mil na web

21 mai 2009
14h20
atualizado às 17h32

Um casal na Nova Zelândia recebeu uma lição para ter mais atenção ao computador e à filha. A menina Pipi Quinlan, 3 anos, comprou em um leilão na internet uma escavadeira de 1,5 toneladas por valor equivalente a R$ 24,6 mil enquanto os pais dormiam. As informações são do site do jornal The Age.

Escavadeira voltou a ser anunciada no site após esclarecimentos da mãe da criança
Escavadeira voltou a ser anunciada no site após esclarecimentos da mãe da criança
Foto: TradeMe / Reprodução
» Hackers-mirins invadem contas com facilidade
» Crianças ganham site de vídeos moderado por pais
» Gênio da computação de 9 anos não escapa da lição de casa

Enquanto os pais, Sarah e Reid Quinlan, dormiam, Pipi resolveu aproveitar o tempo para jogar no computador. A menina iniciou o Internet Explorer e se conectou automaticamente ao site TradeMe, ao qual a mãe se conectara anteriormente. Com alguns cliques, comprou a escavadeira, diz o jornal, por 20 mil dólares neozelandeses.

A família vive em Stanmore Bay, no norte da Nova Zelândia. "Vi o que tinha acontecido quando abri o computador", contou a mãe. "Vi um e-mail do TradeMe, dizendo que eu havia ganho o leilão, e um outro e-mail do vendedor em que dizia algo como 'acho que você vai gostar desta escavadeira".

"Bem, eu tinha dois kits Duplo Lego em minha lista e estava acompanhando os leilões, então achei que tinha ganho uma escavadeira de brinquedo", explicou ela.

A mãe disse ainda que, apenas quando releu os e-mails percebeu o preço de 20 mil dólares neozelandeses." "Tive o maior choque da minha vida", afirmou.

Ela então ligou para o marido, perguntou a ele o que era uma "Kobelco" (a marca da escavadeira). Brincando, o marido sugeriu que ela teria que tirar o carro da garagem para poder guardar o novo veículo.

A seguir, Sarah ligou para o site de leilões e para o vendedor, explicando o engano. O site reembolsou as despesas do vendedor com o anúncio e o leilão. A máquina voltou a ser anunciada no site, com lance inicial em 8 mil dólares neozelandeses.

A família diz que a maioria das pessoas vê o lado cômico do incidente, que tem rendido brincadeiras de amigos e parentes. E que aprendeu a lição: manter o computador seguro e prestar mais atenção ao que as crianças fazem com ele.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade