Internet

publicidade
08 de maio de 2012 • 15h24

Mesmo com fortuna do Facebook, família de Mark ainda é assalariada

Pai de Zuckerberg (à direita) aparece com amigos no consultório
Foto: Facebook / Reprodução
 

Mesmo com os bilhões do fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, a família dele ainda é assalariada e trabalha em empregos "normais", como os de recepcionista, dentista e marketing. Engana-se, no entanto, quem achar que o filho não convive bem com os pais. Como conta o site da revista

New York Magazine

, ficar longa da fortuna de Mark foi uma opção da própria família.

"O nosso trabalho é como se fosse o meu bebê", declarou o pai de Mark, Edward Zuckerberg. conhecido como o "Dr. Z que não sente dor", que tem um consultóio dentário no qual trabalha com a esposa Donna desde antes da fundação do Facebook. A mãe de Zuckerberg é a recepcionista do consultório.

A fortuna de Mark é estimada em US$ 17,5 bilhões. O consultório da família fica em um cômodo estimado em US$ 600 mil em Dobbs Ferry, em Nova York. À revista, ele afirmou que, assim como o filho, ele não deixa à mostra o dinheiro que tem.

Ed Zuckerberg, o "Dr Z", possui mais de dois milhões de ações no Facebook, dadas pelo próprio filho em forma de agradecimento por tê-lo ajudado a fundar a rede social. A entrevista ainda revela que, inicialmente, os pais recusaram o "presente".

Questionado sobre uma possível fórmula de como criar um filho tão bem sucedido, o Dr. Z afirmou que o resultado de Mark veio com trabalho duro e muito estudo - e que ele não sabe realmente o que fez para o filho se tornar um dos maiores bilionários do mundo.

Terra Terra