1 evento ao vivo

Novo escritório do Google tem mural em homenagem a São Paulo

4 dez 2012
17h34
atualizado às 17h37
  • separator
  • comentários

A nova sede do Google em São Paulo, na avenida Faria Lima, acaba de mostrar um pedaço de seus corredores, talvez um dos mais interessantes: os com murais do artista paulista Vitor Rolim. E o tema da obra não poderia ser mais pertinente: a cidade de São Paulo.

Painel tem o dobro do tamanho do da primeira sede e é assinado por Vitor Rolim
Painel tem o dobro do tamanho do da primeira sede e é assinado por Vitor Rolim
Foto: Thiago Araripe/Mutato / Divulgação

Infográfico: Quanto viaja uma busca? Veja 10 curiosidades sobre o Google

O artista, nascido em Santos mas que se considera paulistano, afirma que o mural do novo escritório é duas vezes maior que o do primeiro - também assinado por Rolim, entre tantos outros trabalhos para o gigante de buscas. "Todo o design de interiores é inspirado na cidade de São Paulo", revela.

Sobre o mural, o artista conta que antes de começar a pintar a primeira coisa que fez foi escrever um poema. "Apesar de o resultado ser até meio óbvio, com um monte de prédios aglomerados e carros, eu pensei sobre o que eu sinto sobre as pessoas que formam a cidade", diz.

Rolim se refere e a uma parte da obra como sua favorita: "o gigante" (foto). "Quando a gente olha de longe, é um gigante, uma pessoa, mas quando chega perto é feito de prédios, ruínas, carros, é um trabalho de extremo detalhe. E é um espelho, onde falo do cidadão paulistano, trabalhador, que constrói, pensa em como fazer algo novo para a vida", detalha.

O artista destaca que "o gigante" está segurando um cubo, "como se estivesse montando a cidade". "Ele está olhando o cubo e pensando, 'onde vou colocar esse pedaçinho que criei?', porque já está tudo lotado", descreve. A inspiração para a obra, é claro, veio também dos detalhes da cidade. "As referências estão na rua, no caminho para o Google eu tinha sempre ideias novas", lembra.

O paulistano de coração, que mora há 25 dos seus 29 anos de idade na maior metrópole brasileira, também fala sobre o processo de construção do mural, que teve transmissão ao vivo pelo Google Hangouts, do Google Plus. "A gente basicamente televisionou tudo pela internet, e as pessoas iam participando, gente do Brasil inteiro. No fim as pessoas se interessam por arte, sim", avalia.

Sobre o artista
Sobre a própria carreira, Rolim brinca que "é bem curta ainda" e que "só se é um artista de verdade depois dos 40 anos". Ele começou cedo, aos 2 ou 3 anos de idade, incentivado pelo pai, "que ensinou muito". Mas, diferente das crianças que deixam a fase do desenho à medida que crescem, o paulista diz que sempre soube que faria isso a vida inteira. "Minha carreira nunca começou, ela sempre foi indo", resume.

Das obras que já assinou nos anos da carreira, Rolim destaca uma das primeiras, a Rock Box, sala de um estúdio de música em que pintou as quatro paredes e o teto "em um estilo bem rock 'n' roll, super legal". E dentre as mais recentes, o painel que fez para o novo escritório do Google na Faria Lima. "Esse mural foi feito com muito coração, me dediquei muito", diz o artista que adotou São Paulo como a cidade natal.

"Gosto muito de praia, mas me sinto paulistano, gosto de viver na cidade", resume. "Acho que a cidade é um local para um artista. Assim como Amsterdam, Barcelona, Nova York, São Paulo agora é a cidade dos grandes artistas", opina.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade