Internet

publicidade
03 de novembro de 2011 • 12h23 • atualizado às 12h26

Por transparência, Google mostra como bloquear propagandas

O Gerenciador de Preferências de Anúncio também permite configurar preferências por tema - acesse a aba "Anúncios na Web" - ou bloquear qualquer tipo de personalização, em "Cancelar"
Foto: Google / Reprodução
 

O Google anunciou nesta semana que implantará mecanismos de "transparência e escolha" em seus anúncios, permitindo que o usuário opte pelo que quer ou não ver de propaganda junto a seus resultados de busca. O sistema ainda inclui um botão que explica porque determinada publicidade está sendo exibida em um dado momento.

Com o Gerenciador de Preferências de Anúncio (Ads Preferences Manager, em inglês), é possível bloquear anunciantes específicos caso seu conteúdo não seja de interesse do usuário. Para excluir uma empresa, basta clicar no recém-criado botão "Por que este anúncio?", no canto direito do link patrocinado, e depois escolher a opção do administrador de configurações. Uma lista de anunciantes relacionados à busca feita vai aparecer, e ao lado de cada nome há um link para o bloqueio.

Também é possível ajustar o gerenciador de acordo com categorias de sites visitados, o que se aplica, além das páginas de busca, aos Google Ads embedados em blogs, por exemplo. Para isso, quando na página de configurações, acesso link "Anúncios na Web".

A ferramenta ainda permite inibir qualquer tipo de personalização - o que não significa não ver anúncios, mas impede o Google de usar informações pessoais para escolher quais publicidades mostrar. "Sabemos que para usar sua informação, precisamos que você confie que vamos lidar com ela corretamente", afirma a chefe de engenharia de software Diane Tang, no vídeo (disponível neste atalho http://bit.ly/t6W4vi) que explica como usar o administrador.

Terra