0

Presidente israelense entra no Facebook para promover a paz

6 mar 2012
21h31
atualizado em 7/3/2012 às 08h25

O presidente israelense, Shimon Peres, de 88 anos, criou nesta terça-feira um perfil no Facebook e adicionou Mark Zuckerberg como amigo para promover a paz. O registro aconteceu na sede da empresa americana, usando o computador de trabalho de Zuckerberg. Peres pediu ao fundador da rede social mais popular da internet que "curtisse" sua nova página pela paz no Facebook.

Na sede da rede social, Shimon Peres pediu a Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, para ser seu amigo (mensagem no quadro) e curtir sua página pela paz
Na sede da rede social, Shimon Peres pediu a Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, para ser seu amigo (mensagem no quadro) e curtir sua página pela paz
Foto: Reuters

A sede da companhia no Vale do Silício recebeu a apresentação de um vídeo no qual Peres, em ritmo de música eletrônica, pede aos membros da comunidade virtual que sejam seus amigos e compartilhem o espírito de paz. Zuckerberg brincou durante a apresentação do vídeo no qual Peres aparece manejando um tablet e cumprimentando líderes como o presidente palestino, Mahmoud Abbas, e personalidades como o treinador do Real Madrid, José Mourinho.

O fundador do Facebook, também judeu, felicitou Peres por sua originalidade, enquanto o presidente israelense disse que sua intenção é chegar a um novo público. "Quando digo novas audiências me refiro, sobretudo, a cidadãos do Irã, da Síria e do mundo árabe. Nem os iranianos, nem os sírios são nossos inimigos, apenas os extremistas líderes destes povos", declarou Peres.

Em sua primeira mensagem no Facebook, Peres escreveu: "Espero que esta página seja um lugar onde os sonhadores e crentes na paz façam ouvir sua voz e compartilhem experiências comigo". Peres e Zuckerberg mantiveram uma reunião prévia na qual o presidente israelense transmitiu suas felicitações ao empresário por seu "espetacular sucesso" e por criar uma rede que "quebrou barreiras entre nações e povos". Peres convidou o fundador do Facebook a visitar Israel, algo que o jovem de 27 anos prometeu fazer o mais rápido possível.

EFE   
publicidade