1 evento ao vivo

Protesto na web cancela festival com carne de cachorro na China

21 set 2011
13h57
atualizado às 15h01
  • separator

Depois de protestos de inúmeros internautas, o governo chinês cancelou a realização de um festival com 600 anos de tradição que era conhecido pela fartura de carne de cachorro, informaram nesta quarta-feira as autoridades da província de Zhejiang. Realizado sempre em outubro, na cidade de Qianxi, o festival despertou a revolta dos internautas por conta da crueldade com os cachorros, que eram sacrificados nas ruas em nome da celebração.

"Justamente por este motivo, o governo optou por seu cancelamento", disse o funcionário Zhang Jianhong à agência de notícias estatal Xinhua. Depois que o massacre de cachorros foi parar na internet através de um vídeo, milhares de pessoas resolveram se manifestar contra a realização do evento.

Segundo a história do festival, os cachorros de Qianxi foram sacrificados pelas tropas de Zhu Yuanzhang, fundador da dinastia Ming (1368-1644), antes que o mesmo tomasse a cidade. A intenção era evitar que os latidos estragassem os planos de ataque. Depois da conquista, as mesmas tropas promoveram um banquete com carne de cachorro. Assim, os habitantes da região começaram a adotar o costume para homenagear o imperador e sua esposa.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
EFE   
publicidade