Internet

publicidade
14 de novembro de 2012 • 09h04

Sites pornô aparecem entre os mais visitados em países islâmicos

Sites pornográficos aparecem em rankings das páginas mais visitadas em países islâmicos, apesar da proibição de acesso a esse tipo de conteúdo na maioria das nações árabes-muçulmanas. O Egito, que até pouco tempo era um dos países não tentava ativamente bloquear o acesso a esses sites, anunciou na semana passada a proibição da pornografia online. As informações são do Al Arabia News.

A Procuradoria-Geral do Egito orndenou que os ministérios do Interior, Telecomunicações e Informações comecem a impor a proibição da pornografia online. No país, pelo menos cinco sites pornográficos aparecem entre os 100 sites mais visitados, segundo o Alexa, serviço de monitoramente de tráfego da Amazon. Dois serviços locais aparecem entre os 25 mais acessados

Da mesma forma, na Tunísia aparecem sete sites pornográficos entre os 100 mais visitados. No Líbano, cinco. Na Árabia Saudita e Kuwait, no entanto, uma política de filtragem e bloqueio da internet, a exemplo da maioria dos países do Golfo, nenhum site pornográfico aparece entre os 100 primeiros.

Terra