1 evento ao vivo

Street View começa a mapear comunidades da Amazônia

17 ago 2011
19h29

O Google Street View, serviço do Google que fornece imagens de cidades em 360º, começou a mapear comunidades ribeirinhas da Floresta Amazônica. O projeto, chamado Street View na Amazônia será realizado em parceria com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), uma ONG que promove educação, apoio social, econômico e ambiental para as comunidades locais. Será uma oportunidade única de compartilhar a beleza do ambiente e da cultura local com o mundo.

Comunidade Tumbira, no Rio Negro, será uma das regiões mapeadas pelo serviço
Comunidade Tumbira, no Rio Negro, será uma das regiões mapeadas pelo serviço
Foto: Divulgação

A primeira fase do projeto teve início nesta quarta-feira. As imagens do Rio Negro serão capturadas por barcos com o trike triciclo com câmeras do Google - acoplado. Este veículo, próprio para locais que não são acessíveis por carros, também será utilizado para mapear as comunidades locais. O mapeamento da região será feito pelos próprios moradores, que serão capacitados por funcionários do Google e por membros da FAS. Os moradores convidaram o Google para fotografar também o interior de diversos lugares das comunidades, como os centros cívicos e escolas.

"Assim que todas as imagens estiverem no ar, poderemos compartilhar a cultura e a beleza de locais da Amazônia com qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo. Sem a visão, criatividade e dedicação dos nossos parceiros, esta empreitada não seria possível", afirmou Karin Tuxen-Bettman, líder do time de Geolocalização do Google, em nota. A primeira fase de captura das imagens deve durar três semanas, segundo o Google.

Fonte: Terra
publicidade