0

Vírus que lucra com SMS afeta usuários no Brasil pela 1ª vez

9 nov 2012
16h02

A fabricante de antivírus Eset descobriu o primeiro vírus que lucra com serviços de SMS pagos e afeta usuários brasileiros. O Boxer é um código malicioso que infecta dispositivos Android e faz com que o usuários assinem, sem saber, serviços premium de SMS, debitando esse valor da conta telefônica da vítima. O vírus afeta um total de 63 países, nove deles latino-americanos.

Infográfico: Jogo da memória: conheça hackers famosos e seus feitos
Infográfico: Phishing: conheça o golpe e veja dicas para se proteger

Segundo a Eset, o malware está presente em 22 aplicativos do Google Play, a loja de aplicativos do Android. No momento em que aceita a instalação, sem ler os termos e condições, o usuário permite que o aplicativo inscreva o telefone em serviços pagos. A partir da obtenção dos códigos numéricos do telefone e a qual operadora o usuário pertence, o malware atua.

"Ações tão simples como a leitura dos contratos de licença e as permissões que um aplicativo solicita no momento da instalação permite diminuir o risco de infecção por um cósigo malicioso. Se algum usuário teve incidente de gastos não identificados em sua conta, recomenda-se checar a que números correspondem", afirmou em nota o pesquisador da Eset Raphael Labaca Castro.

Fonte: Terra
publicidade