PUBLICIDADE

Vírus que rouba dados bancários se espalha rapidamente

22 abr 2010 18h41
| atualizado às 21h24
Publicidade

Zeus, um virus que rouba dados bancários, chegou à sua versão mais perigosa e se espalha numa velocidade sem precedentes, anunciou nesta quinta-feira uma empresa de segurança na internet Trusteer.

» Brasil é terceiro país em ranking de ataques via web
» Ataques pela internet aumentam no Brasil e no mundo
» Vírus induz usuários de BitTorrent a pagar por direito autoral
» Siga o Terra no Twitter

De acordo com o alerta, o vírus - do tipo cavalo-de-Tróia - se instalou de maneira oculta em um em cada três mil computadores entre os cinco milhões e meio deles monitorados pela companhia nos Estados Unidos e na Inglaterra.

Zeus 1.6, a nova versão do vírus, pode se propagar através dos navegadores Internet Explorer e Firefox, informou ainda a Trusteer. O vírus rouba as informações após registrar as senhas que os usuários utilizam ao acessar a uma lista específica de sites, a maioria pertencente a bancos e outras instituições financeiras.

Os dados são enviados a um servidor remoto e depois vendidos a ciberc riminais. É, segundo a empresa, a capacidade de se propagar pelo Firefox que torna o virus uma ameaça particularmente perigosa. "Acreditamos que as fraudes bancárias dispararam nesta nova versão porque quase 30% dos clientes usam Firefox e a infecção se estende numa velocidade nunca vista", disse à agência Associated Press Amit Klein, um dos responsáveis pela Trusteer.

Um grupo de especialistas em segurança conseguiu, em março, desativar um servidor de internet do Cazaquistão que era utilizado para manter ativas algumas das piores ameaças na internet, inclusive a gigantesca rede zumbi Zeus.

Fonte: Redação Terra
Publicidade