3 eventos ao vivo

Wikipédia Itália volta após protesto que tirou site do ar

7 out 2011
11h02
atualizado às 11h06

A edição italiana da Wikipédia voltou a estar online, nesta sexta-feira, após ficar três dias fora do ar. Segundo o El País, os enciclopedistas do país europeu haviam fechado o site em sinal de protesto contra a "lei da mordaça". O projeto, que tramita no parlamento italiano, prevê que qualquer conteúdo considerado ofensivo seja "corrigido" em até 48 horas, sem necessidade de avaliação por nenhum tipo de juiz, bastando apenas que uma pessoa citada se sinta ofendida e solicite a alteração.

Wikipedistas do país europeu temem que "lei da mordaça", se aprovada, limite a "liberdade e independência" da enciclopédia colaborativa
Wikipedistas do país europeu temem que "lei da mordaça", se aprovada, limite a "liberdade e independência" da enciclopédia colaborativa
Foto: Wikipédia / Reprodução

Apesar de não saberem se a lei será ou não aprovada, os wikipedistas decidiram recolocar a página no ar. Na reabertura da seção da enciclopédia colaborativa na Itália, o site exibe uma mensagem de agradecimento aos que deram suporte à manifestação, "dirigida exclusivamente a proteger uma sociedade livre e neutra".

A preocupação da Wikipédia Itália é de que, como "a avaliação do dano não será feita por nenhum juiz imparcial", o conteúdo do site deixe de ser livre. "A lei supõe uma inaceitável limitação de nossa liberdade e independência, o que desvirtua os princípios que fundamentam a enciclopédia livre e paralisa seu modo de acesso e sua contribuição horizontais sem hierarquias", dizia o comunicado exibido no site enquanto ele estava fora do ar.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade