publicidade
13 de dezembro de 2011 • 13h06 • atualizado em 14 de Dezembro de 2011 às 11h39

Wikipédia pode sair do ar em protesto à censura nos EUA

Jimmy Wales é o cofundador da Wikipédia
Foto: Wikimedia Foudantion / Divulgação
 

A Wikipédia poderia sair temporariamente do ar em protesto ao Sopa - Stop On-line Piracy Act. O projeto de lei tramita no Congresso americano e, caso aprovado, pode dar ao governo o poder de tirar um site do ar caso ele hospede conteúdos de grandes corporações, como as de Hollywood, sem autorização dos donos dos direitos intelectuais e autorais.

Segundo o site Huffington Post, o cofundador Jimmy Wales perguntou aos usuários sobre a ideia de tirar o site do ar em protesto. Embora não existam planos reais e imediatos de tirar o conteúdo do ar, Wales lembrou, em nota, que, na Itália, uma lei que procurava cercear a privacidade do usuário on-line foi rejeitada depois que a divisão italiana da Wikipédia removeu as páginas para uma versão off-line.

Na sua página do Wikipédia, em que propôs a medida, Wales afirmou que não se trata de votar a favor ou contra uma espécie de greve. "Isso é meramente uma pesquisa para indicar o interesse geral (...) Se o resultado for positivo, então nós passaremos obviamente por um longo processo para tentar chegar a um consenso sobre parâmetros", escreveu o cofundador.

Terra