1 evento ao vivo

YouTube está preparando cobrança para acesso a vídeos, diz site

30 jan 2013
11h03
atualizado às 11h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O YouTube estaria preparando um plano de cobrança para acesso a certos vídeos publicados no portal, diz o site AdAge. A nova forma de acesso teria início ainda neste ano, com valores mensais entre US$ 1 e US$ 5. Segundo o site do jornal britânico Daily Mail, o movimento é visto como uma forma de competir com a TV tradicional por anúncios e audiência.

YouTube está preparando um plano de cobrança por conteúdos, competindo com a TV tradicional
YouTube está preparando um plano de cobrança por conteúdos, competindo com a TV tradicional
Foto: Gareth Cattermole / Getty Images

Infográfico: Confira curiosidades e números sobre o YouTube

Também podem entrar no plano de cobrança certas coleções de vídeos e eventos transmitidos ao vivo pela internet.

Hoje, todo o conteúdo do YouTube está disponível aos internautas de forma gratuita, e é bancado por anúncios que aparecem na lateral dos vídeos e, em alguns casos, por publicidade inserida nos próprios vídeos, com a opção de ser ou não visualizada na sua totalidade.

Desde 2010 o YouTube testa de forma experimental o pagamento para assistir a certos conteúdos postados no site, relembra o Daily Mail. No início, o número de canais pagos seria de cerca de 25, estima o AdAge.

Não há posicionamento oficial do Google sobre o plano de cobrança no YouTube.

Segundo o site americano Geek ao contrário do serviço de aluguel de vídeos do Google, na loja Google Play, o YouTube com assinaturas teria por objetivo conceder aos usuários acesso ao conteúdo dos produtores. Especula-se que o Google vai reforçar seus esforços para evitar o download dos vídeos pagos.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade