0

Zuckerberg é o usuário com mais seguidores no Google+

5 jul 2011
16h26

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, que recentemente admitiu que realmente possui uma conta no Google+, é o usuário com mais seguidores na nova rede social do Google. De acordo com a ferramenta SocialStatistics , criada pelo site The Next Web , Zuckerberg tem apenas 68 amigos no Google+, mas seu número de seguidores chega perto dos 30 mil, ultrapassando até mesmo o número de seguidores dos fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin.

Zuckerberg tem 10 mil seguidores a mais que o CEO do Google, Larry Page
Zuckerberg tem 10 mil seguidores a mais que o CEO do Google, Larry Page
Foto: Reprodução

O atual CEO do Google, Larry Page, está na segunda posição entre os usuários mais populares da rede social do Google, com quase 20 mil seguidores, cerca de 10 mil a menos que Zuckerberg, CEO do Facebook, principal concorrente do Google+. O vice-presidente Sênior de Engenharia do Google e um dos responsáveis pelo serviço, Vic Gundotra, é o terceiro, com cerca de 15,7 mil seguidores, um pouco à frente do cofundador do Google, Sergey Brin, que tem 15,6 mil. O curioso é que nenhum dos três executivos do Google adicionou amigos aos seus círculos na rede social.

Segundo o site Metro , Zuckerberg escreveu ao blogueiro de tecnologia Robert Scoblem não entendendo por que ter uma conta na rede concorrente causava estranheza nas pessoas. "Por que as pessoas estão tão surpresas por eu ter uma conta no Google+", disse o CEO do Facebook. Segundo o Metro , Zuckerberg não é o único fundador de redes sociais que já estão usando o serviço do Google. Evan Williams, do Twitter, Reid Hoffman, do LinkedIn, além dos fundadores do Flickr, Caterina Fake, e do MySpace, Tom Anderson.

O Google+ foi lançado na semana passada e promete ser o trunfo do Google contra o Facebook e o Twitter, que se apresenta como uma rede social que compartilha a internet como na vida real. O Google+ inclui os serviços Circles, que permite criar círculos sociais e decidir que tipo de conteúdo será compartilhado com cada um deles; o Hangouts, que simula "encontros não-planejados" como os que acontecem na vida real; e o Sparks, em que o usuário pode receber indicações de coisas que possam lhe interessar e encontrar pessoas sobre as quais falar.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade