0

Ações da Apple têm queda de 0,65% após saída de Steve Jobs

25 ago 2011
21h56
atualizado em 26/8/2011 às 07h32
  • separator

As ações da Apple, que se valorizaram 6.795% na Bolsa desde que Steve Jobs assumiu a direção executiva da empresa, sofreram uma queda de 0,65% nesta quinta-feira, a primeira desde a divulgação do pedido de demissão do CEO do cargo. Embora no início do dia as ações da Apple tenham caído até 2% no mercado Nasdaq, a queda se estabilizou em 0,65% no final do pregão. Em 2011, as ações se revalorizaram 15,86% - e 53,86% nos últimos 12 meses.

Steve Jobs, fundador da Apple, renunciou ao cargo de CEO da companhia nesta quarta-feira
Steve Jobs, fundador da Apple, renunciou ao cargo de CEO da companhia nesta quarta-feira
Foto: AP

A saída de Jobs e sua substituição pelo até agora diretor de operações da empresa, Tim Cook, geraram quedas superiores a 5% nos títulos da criadora do iPhone nas operações eletrônicas posteriores ao fechamento da quarta-feira, quando a notícia foi divulgada. A demissão de Jobs lança dúvidas sobre sua saúde e representa o adeus à cena pública de uma figura icônica que transformou os hábitos de consumo de várias gerações com produtos como o iPod, o iPhone e o iPad.

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
EFE   
publicidade