1 evento ao vivo

Apple tem vitória arrasadora sobre a Samsung no tribunal

24 ago 2012
19h56
atualizado em 25/8/2012 às 16h02

A Apple teve uma vitória arrasadora na batalha judicial contra a Samsung nesta sexta-feira 24 de agosto - no dia em que se completa um ano, exatamente, da saída de Steve Jobs do comando da empresa por causa dos problemas de saúde. Ele, que morreu em outubro do ano passado, era a favor de "ir com tudo" para cima do Android por violar patentes da Apple. E a vitória na corte californiana reforça ser este um dia histórico para a empresa da maçã. Os nove jurados decidiram que a Samsung deve pagar US$ 1.049.343.540,00 à Apple por infração de patentes, e a Apple nada deve à Samsung.

Infográfico: Apple e Samsung se enfrentam no tribunal por patentes; entenda

A corte examinou mais de 700 questões - e o veredicto veio antes do que era esperado. A Samsung foi considerada culpada por ter infringido, intencionalmente, cinco de sete patentes da Apple, incluindo a tecnologia de zoom táctil própria dos smartphones e do tablet iPad. Mas a corte também decidiu que os tablets da Samsung não copiaram o design da Apple.

O resultado da batalha jurídica entre as duas empresas que vendem mais da metade dos smartphones e tablets do mundo vai impactar toda a indústria de dispositivos móveis, que luta para avançar contra a dupla, diz a Reuters. O veredito poderia levar a uma proibição total da venda de produtos-chave da Samsung, e tornar mais sólido o domínio da Apple no mercado crescente da computação móvel.

Várias empresas que vendem smartphones baseados no sistema operacional Android, do Google, poderão enfrentar novos desafios legais da Apple, uma empresa que já está entre as maiores e mais rentáveis da história dos negócios, lembra a agência, que cita um professor da faculdade de Direito de Santa Clara, Brian Love: "Este é o melhor cenário que a Apple poderia ter esperado".

Nesta mesma sexta-feira, um tribunal sul-coreano decidiu, num processo parecido envolvendo as mesmas empresas, que ambas devem interromper a venda de tablets e smartphones de penúltima geração no país. Além disso, as empresas foram multadas pelo tribunal, a Apple em US$ 35,3 mil e a Samsung em US$ 22 mil.

Fonte: Terra
publicidade