0

CEO da Barnes & Noble renuncia ao cargo

Empresa não revelou o nome do substituto de William Lynch

9 jul 2013
08h05
atualizado às 08h12
  • separator
  • 0
  • comentários

William Lynch  não é mais o CEO da Barnes & Noble. Na última segunda-feira, ele renunciou ao cargo. Lynch, que assumiu o cargo em 2010, foi responsável por ajudar a transição do negócio offline para o negócio digital e entregar esse conteúdo para os clientes com a linha Nook de e-readers e tablets.

A empresa ainda não revelou o nome de um substituto e aproveitou para fazer outras mudanças na gestão executiva. O CFO Michael Huseby se tornaria CEO do Nook Mídia e presidente da Barnes & Noble. Ele e Barnes & Noble Retail Group CEO Mitchell Klipper se reportará ao presidente executivo Leonard Riggio.

"Como a indústria de venda de livros continua passando por uma transformação significativa, acreditamos que Michael, Mitchell e Max [Roberts] são os executivos certos para nos levar para o futuro", disse Riggio disse em um comunicado.

Barnes & Noble disse no anúncio que estava passando por uma "revisão estratégica" de seu negócio.

No último dia 25 de junho, a livraria norte-americana Barnes & Noble anunciou que desistiu dos tablets em cor para se concentrar nos leitores preto e branco, após a queda de 34% em três meses nas vendas de sua divisão Nook.

As informações são do site The Verge e AllThings D.

 

 

 

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade