0

Descubra o que o novo CEO da Apple pensa sobre Steve Jobs

26 ago 2011
07h17
atualizado às 09h22

Após a renúncia de Steve Jobs ao comando da Apple, Tim Cook foi indicado pelo próprio cofundador da empresa para assumir seu cargo. Cook, que já havia assumido o mais alto posto da companhia interinamente durante licenças médicas de Jobs, escreveu em email aos funcionários da Apple que "Steve foi um líder e mentor incrível" para ele. Em nota, o Conselho de Administração da Apple afirmou que "tem total confiança de que Tim é a pessoa certa para ser nosso próximo CEO".

Desde 1998 na Apple, Cook era o braço direito de Jobs dentro da companhia. Mas o que será que o agora CEO de uma das mais importantes e inovadoras empresas do mundo pensa realmente sobre Steve Jobs? O site Huffington Post separou algumas opiniões que Cook lançou sobre seu "mentor" em seus 13 anos de Apple:

Por favor, substituir Steve? Ele é insubstituível!
Novembro de 2008, em entrevista à revista Fortune

Steve foi um líder e mentor incrível para mim
Agosto de 2011, em email à equipe da Apple após assumir o cargo de CEO

Nos primeiros cinco minutos da minha primeira entrevista com Steve, eu já queria jogar o cuidado e a lógica ao vento e me juntar à Apple
Maio de 2010, em discurso na Universidade de Auburn, falando sobre sua ida para a Apple

Nos primeiros cinco minutos da minha primeira entrevista com Steve, eu já queria jogar o cuidado e a lógica ao vento e meu juntar à Apple. Minha intuição já sabia que me juntar à Apple foi uma oportunidade única na vida para trabalhar para o gênio criativo e estar na equipe executiva que poderia ressuscitar uma grande empresa americana
Maio de 2010, em discurso na Universidade de Auburn, falando sobre sua ida para a Apple

Estamos todos muito felizes com a linha de produtos e a equipe tem uma amplitude e profundidade sem precedentes sobre como Steve dirige a companhia, e a excelência se tornou um hábito
Apresentação de resultados do primeiro trimestre de 2011

Fonte: Terra
publicidade