1 evento ao vivo

Google contesta disputa por patentes logo após processar a Apple

21 ago 2012
15h03
atualizado às 15h16

Um executivo do Google expressou seu descontentamento com as disputas envolvendo possíveis violações de patentes envolvendo gigantes da tecnologia nos últimos tempos. Ironicamente, o anúncio foi feito apenas três dias depois de a Motorola, subsidiária do Google, entrar com uma ação judicial contra a Apple por supostamente infringir uma série de patentes. As informações são do Business Insider.

Google, através da Motorola, processou a Apple logo antes de executivo criticar disputas
Google, através da Motorola, processou a Apple logo antes de executivo criticar disputas
Foto: Reuters

Infográfico: Apple e Samsung se enfrentam no tribunal por patentes; entenda

O diretor de políticas públicas do Google, Pablo Chavez, criticou as disputas pela propriedade intelectual de softwares entre grandes empresas, classificando-as como nocivas à inovação. Ele também solicitou uma reformulação na maneira como as patentes desses produtos são registradas durante uma conferência realizada ontem no Technology Policy Institute em Aspen, no Estado americano do Colorado.

"Pensamos que essas guerras por patentes não são úteis para os consumidores", disse Chavez, de acordo com o CNET. "Elas não são úteis ao mercado. Não são úteis à inovação."

Três dias antes dessa declaração, a Motorola processou a Apple pela possível infração de patentes da companhia em softwares como o de reconhecimento de voz e localizadores em mapas, entre outros. Como parte da ação, o Google está tentando fazer com que a Comissão do Comércio Internacional dos Estados Unidos impeça a Apple de importar iPhones, iPads e computadores Mac para o país.

Fonte: Terra
publicidade