1 evento ao vivo

Kodak anuncia acordo para escapar da falência

13 nov 2012
00h44
atualizado às 00h58

O gigante da fotografia Eastman Kodak anunciou nesta segunda-feira um acordo para empréstimos que poderá ajudar o grupo a escapar da falência, por meio da venda de patentes totalizando US$ 500 milhões. "Este financiamento é um elemento-chave para permitir à Kodak honrar o restante de seus compromissos de reestruturação e sair" da proteção da lei de falências "já no primeiro semestre de 2013", destacou o grupo em um comunicado.

O acordo inclui a concessão por parte dos bancos JP Morgan e UBS, e dos fundos de investimentos Centerbridge e GBO, de créditos totalizando US$ 793 milhões, sendo US$ 476 milhões em novos créditos e US$ 317 milhões para refinanciar antigos empréstimos, segundo a Kodak. Uma das condições estabelecidas para a entrega dos fundos é "a venda do portfólio de licenças de imagens numéricas da Kodak por ao menos 500 milhões de dólares".

A princípio, a Kodak pretendia obter US$ 2,4 bilhões com a venda de 1.100 patentes do grupo. Segundo The Wall Street Journal , a Kodak negocia estas patentes com um grupo de candidatos que inclui Apple, Microsoft, Google, RPX Group e Intellectual Ventures Management.Kodak, fundada há 131 anos, pediu proteção da lei de falências em 19 de janeiro, após ser afogada pelo setor digital. Desde então, realizou uma pesada reestruturação.

AFP   

compartilhe

publicidade
publicidade