0

Steve Jobs estava receptivo a iPad menor, diz executivo

6 ago 2012
10h39
atualizado às 11h01

Steve Jobs estava receptivo para o desenvolvimento de um iPad com tela menor, segundo afirma um executivo da Apple em um e-mail revelado no julgamento que a companhia move contra a Samsung em um tribunal dos Estados Unidos. O e-mail apresentado como prova pela sul-coreana na sexta-feira foi enviado pelo vice-presidente da Apple Eddy Cue para o chefe de Software, Scott Forstall, e para o diretor de Marketing, Phil Schiller.

Tablets com telas de 7 polegadas, como o Nexus 7, do Google, vêm mostrando bons resultados
Tablets com telas de 7 polegadas, como o Nexus 7, do Google, vêm mostrando bons resultados
Foto: Reuters

Infográfico: Apple e Samsung se enfrentam no tribunal por patentes; entenda

"Haverá um mercado para tablets de 7 polegadas e deveríamos fazer um. Expressei várias vezes a Steve Jobs desde a festa de Ação de Graças e ele se mostrou muito receptivo na última vez", diz o e-mail revelado no tribunal, segundo o site 20 Minutos. "Acho que e-mail, livros, Facebook e vídeos são muito convicentes em 7 polegadas. A navegação na web é sem dúvida o ponto mais fraco", diz a mensagem.

Steve Jobs sempre se mostrou contra um tablet com tela menor que a atual de 9,7 polegadas do iPad. Ele chegou a dizer que os aparelhos com telas de sete polegadas deveriam "incluir uma lixa, para que os usuários pudessem lixar seus dedos e assim poder usar suas teclas".

Uma versão menor do modelo líder de mercado tentaria deter o avanço de tablets como o Kindle Fire e o Nexus 7, mas a Apple nunca confirmou os rumores, cada vez maiores. Rumores recentes apontam que a companhia pode lançar um iPad menor em 12 de setembro, em evento nos Estados Unidos.

O julgamento Apple x Samsung
Um júri formado por 10 pessoas irá decidir se alguma das empresas quebrou alguma patente da concorrente no desenvolvimento de seus produtos. O julgamento do caso no tribunal de San José, na California, é o primeiro de uma série de processos que as empresas movem contra a outra em 10 países.

A Apple pede na Justiça uma reparação de mais de US$ 2,5 bilhões, alegando que a Samsung se tornou líder no mercado de smartphones copiando o design, as funcionalidades e a aparência geral dos seus produtos. A companhia americana tenta provar ao júri que a sul-coreana quebrou nove de suas patentes no desenvolvimento de mais de 20 produtos, entre eles o smartphone Galaxy S II e o tablet Galaxy Tab 10.1.

Já a Samsung diz que a Apple está tentando reprimir a competição com o bloqueio da venda de seus produtos, diminuindo a escolha dos consumidores para "manter seus lucros historicamente exorbitantes". A sul-coreana alega que a Apple quebrou duas patentes essenciais para transmissão de dados 3G e outras três sobre funcionalidades dos aparelhos.

Fonte: Terra
publicidade