Negócios e TI

publicidade
17 de agosto de 2012 • 09h34 • atualizado às 14h44

Zuckerberg: é doloroso assistir a queda nas ações do Facebook

Facebook, de Mark Zuckerberg, sofre com quedas desde a estreia no mercado de ações
Foto: Getty Images
 

O CEO do Facebook Mark Zuckerberg admitiu a alguns de seus funcionários, pela primeira vez, que as sucessivas baixas nas ações da rede social podem prejudicar os negócios. A declaração foi dada em uma reunião na sede da empresa, em um esforço para "levantar a moral" dos trabalhadores, segundo o The Wall Street Journal.

"O desempenho das ações tem sido doloroso de assistir", disse Zuckerberg aos trabalhadores. Ele falou sobre como não gosta de começar cada reunião falando sobre o preço das ações, tendo em vista a volatilidade do mercado, porém disse entender a expectativa daqueles que esperavam um valor mais elevado.

Zuckerberg também falou sobre o futuro da empresa, e disse que "a imprensa não sabe sobre nossos planos e, se soubessem, acreditariam na habilidade do Facebook de superar sua má avaliação no mercado". O CEO da companhia afirmou que investimentos feitos nos últimos seis meses a um ano gerariam resultados em breve.

Terra Terra