inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Entenda os formatos de DVDs graváveis

 . Foto: Divulgação


Foto: Divulgação

Se você finalmente decidiu equipar o seu computador com um gravador de DVD, saiba que a próxima tarefa é entender a sopa de letrinhas que representam os formatos de mídias graváveis disponíveis nas lojas - muito similar aos dos CDs. Um simples sinal de "+" ou de "-" pode significar que o gravador ou o aparelho de DVD que você tem não é compatível com os discos comprados.

Isso ocorre porque o grupo de empresas que forma o DVD Fórum segue o padrão DVD-R(W). Já uma entidade chamada DVD+RW Alliance segue o padrão sugerido por seu nome. A maioria dos novos gravadores e reprodutores de DVDs facilitam a vida do usuário ao oferecer compatibilida com os formatos mais comuns. De qualquer maneira, convém dar uma olhada nas características dos tipos de mídias abaixo:

DVD-R e DVD+R

São praticamente o mesmo tipo de mídia. Tanto o DVD-R como o DVD+R podem ser gravados somente uma vez, e têm capacidade para armazenar 4,7 Gb. A diferença é que o DVD+R é lido mais rapidamente. A vantagem é imperceptível na hora de assistir um filme, por exemplo, mas aparece na hora de gravar ou copiar discos de dados inteiros.

O que pode complicar a vida do usuário é que um DVD-R só pode ser gravado com um gravador DVD-R. E um DVD+R, apenas com um gravador DVD+R. Então, se o seu modelo é mais velho, é necessário conferir com qual mídia ele é compatível antes de ir às compras. Os gravadores lançados mais recentemente são compatíveis com DVD-R e DVD+R. Ou seja, são DVD±R.

DVD-RW e DVD+RW

São os DVDs que podem ser gravados mais de uma vez. Isso não significa que o usuário pode ir adicionando arquivos aos poucos. Depois que a mídia é gravada, ela deve ser formatada antes de receber a nova leva de dados. Ou seja, as informações anteriores serão perdidas. Os aparelhos de DVD mais antigos podem não reconhecer este tipo de mídia.

A diferença entre DVD-RW e DVD+RW é a mesma, ou seja, uma maior rapidez do segundo formato na gravação e na transferência de grandes volumes de dados - claro que a velocidade do gravador/reprodutor de DVD também influencia. Então, leve em conta somente a compatibilidade dos seus aparelhos. Os mais modernos reconhecem o "padrão" DVD±RW.

DVD-RAM

O DVD-RAM é bastante similar ao DVD-RW, principalmente no que se refere à possibilidade de ser gravado mais de uma vez. Uma das diferenças é justamente o número de vezes: aproximadamente 100 mil, contra cerca de mil do DVD-RW. O DVD-RAM também está disponível em quatro capacidades: 2,6 GB, 4,7 GB, 5,2 GB e 9,4 GB.

Destinado a um segmento mais profissional, esta mídia não é compatível com unidades de DVD-ROM e com aparelhos de DVD. Ou seja, você pode utilizá-lo somente com gravadores e reprodutores próprios para o DVD-RAM. Como se não bastasse, um dos tipos vem protegido em uma espécie de caixa, e não pode ser removido.

DVD+RDL

Para complicar ainda mais a sopa de letrinhas, o formato DVD+RDL deve ganhar popularidade nos próximos anos - ou meses. O motivo é justamente a sua capacidade: 9,4 GB a 17 GB. Isso porque os dados são gravados em dupla camada (Dual Layer). Gravadores e reprodutores de DVD+RDL são caros e difíceis de serem encontrados, mas isso deve mudar com o tempo.

Redação Terra