inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Televisão mais fina do mundo tem 1,5 cm de espessura

22 de agosto de 2007 11h00 atualizado às 11h19

Televisão consome apenas 140 KWh por ano. Foto: Reuters

Televisão consome apenas 140 KWh por ano
Foto: Reuters

A Sharp anunciou ter desenvolvido os mais finos e leves televisores com telas de cristal líquido (LCD) do mundo, tendo apenas 1,5 centímetro de espessura. A empresa se adiantou ao lançamento de TVs com telas equipadas com tecnologia de diodos orgânicos emissores de luz, conhecidas por sua pequena espessura e alta qualidade de imagem.

» Veja a imagem ampliada
» Maior televisão do mundo tem 110 polegadas
» TV gigante custa mais de R$ 1 milhão
» SP: maior TV de plasma do mundo é atração em feira

O protótipo LCD de 52 polegadas, com espessura de 15 milímetros e peso de 25 quilos, consome apenas metade da energia usada por modelos dotados de telas de tamanho semelhante, informou a Sharp na quarta-feira. O televisor convencional LCD com tela de 52 polegadas da Sharp tem 81 milímetros de espessura e pesa 30,5 quilos.

A Sharp, terceira maior fabricante mundial de TVs LCD, atrás da Samsung Electronics e da Sony, se recusou a informar os preços dos novos modelos, mas anunciou que planeja começar a produzi-los em sua nova fábrica em Sakai, no oeste do Japão, que entrará em operação em março de 2010.

Os novos modelos LCD oferecerão contraste de 100 mil por mil, ante dois mil por um para os modelos existentes da Sharp, o que significa que o protótipo pode produzir uma cor negra muito mais profunda, na tela, do que os televisores convencionais.

O peso leve também oferece vantagens, segundo a Sharp. "Um televisor com peso de 25 quilos ou menos possibilitará o uso de TVs montadas nas paredes em muitos domicílios sem que seja preciso reforçar a parede", disse Takuji Okawara, diretor da Sharp.

A Sony anunciou em abril que planejava começar a vender televisores no padrão diodo orgânico de emissão de luz (OLED) no final deste ano, tornando a nova tecnologia uma promissora concorrente no setor de TVs de tela estreita.

O conglomerado de eletrônica e entretenimento já mostrou modelos OLED de 11 e 27 polegadas, com o primeiro destes oferecendo espessura de três milímetros. Mikio Katayama, presidente da Sharp, disse que a fabricante planeja lançar um modelo de 108 polegadas, o maior televisor de tela estreita do mundo, no final deste ano ou começo do ano que vem.

Reuters
Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.