Presidente da Apple, Tim Cook assume publicamente ser gay

"Considero ser gay um dos melhores presentes que Deus me deu", escreveu o CEO em um artigo

30 out 2014
11h24 atualizado em 5/12/2018 às 16h25
0comentários
11h24 atualizado em 5/12/2018 às 16h25
Publicidade
<p>Tim Cook, presidente-executivo da Apple</p>
Tim Cook, presidente-executivo da Apple
Foto: Lucy Nicholson (UNITED STATES - Tags: BUSINESS SCIENCE TECHNOLOGY) / Reuters

O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, revelou ser gay em um artigo publicado nesta quinta-feira no site da revista Bloomberg Businessweek. “Há anos, eu tenho falado com muitas pessoas sobre minha orientação sexual. Muitos colegas na Apple sabem que eu sou gay, e isso não parece fazer diference na maneira de eles me tratarem”, escreveu Cook.

O CEO da fabricante do smartphone iPhone disse não esconder sua sexualidade, apesar de nunca tê-la exposto como agora. “Deixe me ser claro: eu tenho orgulho de ser gay, e considero ser gay um dos melhores presentes que Deus me deu.”

Segundo Cook, ser homossexual o ajudou a entender “o que significa estar na minoria” e os “desafios que esses grupos enfrentam todos os dias”.

Cook também disse esperar que sua decisão de assumir sua homossexualidade publicamente “possa ajudar alguém que esteja lutando para entender quem ele ou ela é, ou levar conforto a alguém que se sinta só”.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade