5 eventos ao vivo

Cientistas sul-coreano criam robô empregada doméstica

18 jan 2010
11h52
atualizado às 16h29
  • separator

Uma equipe de cientistas sul-coreanos desenvolveu um robô que faz a limpeza da casa, coloca a roupa na máquina de lavar e esquenta a comida no microondas. "Mahru-Z" tem 1,3 m de altura, pesa 55 kg e seu desenvolvimento levou dois anos.

Mahru-Z (dir.) levou dois anos para ser desenvolvida
Mahru-Z (dir.) levou dois anos para ser desenvolvida
Foto: AFP

» Primeiro "robô do sexo" é mostrado em feira adulta nos EUA
» Robôs, cada vez mais funcionais, podem roubar empregos
» Reino Unido: robô susbtituirá humanos na Biblioteca Nacional
» Feira internacional em Tóquio exibe modernos robôs
» Siga o Terra no Twitter

Esta empregada doméstica de última geração tem aspecto humano, com uma cabeça rotatória, braços, pernas e seis dedos, além da visão tridimensional, para detectar as tarefas que precisa fazer, explicou Yu Bum-Jae, o chefe do centro de robótica cognitiva do Instituto de Ciência e Tecnologia, falando ao jornal Korea Times.

Tanto Mahru-Z como Marhu-M, outro robô criado antes, podem trabalhar juntos e coordenados por um servidor. Yu assegura que Mahru-Z é o robô mais avançado em termos de imitação de movimentos humanos.

Fora as tarefas domésticas, os pesquisadores acham que o robô também pode ser utilizado em condições difíceis e perigosas para os seres humanos, mas sua fabricação em série ainda não é viável.

O instituto científico gasta aproximadamente US$ 3,5 milhões de dólares anuais na pesquisa sobre robótica.

Veja também:

Huawei e Xiaomi desafiam Tesla no mercado automotivo
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade