PUBLICIDADE

Máquina pode ler pensamentos e extrair informações confidenciais

27 ago 2012 - 17h03
(atualizado às 17h06)
Publicidade

Cientistas descobriram uma maneira de ler pensamentos que pode ser utilizada para extrair informações confidenciais como senhas e dados bancários através de uma ferramenta simples: um aparelho semelhante a um fone de ouvido, à venda por US$ 299. Essa tecnologia é parecida com aquela utilizada para detectar os movimentos de uma pessoa, disponível em games como o Kinect e o Wii. As informações são do TechCrunch.

Cientistas desvirtuaram propósito inicial do aparelho Emotiv para conseguir ler ondas cerebrais
Cientistas desvirtuaram propósito inicial do aparelho Emotiv para conseguir ler ondas cerebrais
Foto: Divulgação

A aplicação imediata dessa tecnologia, para os pesquisadores, seria na área de segurança, permitindo que investigadores descubram se um suspeito tem familiaridade com outro possível criminoso ou não. Sua aplicação na descoberta de informações confidenciais é menos precisa: foi possível "hackear" o cérebro e identificar o primeiro número de uma senha, por exemplo, apenas 40% das vezes.

O dispositivo, chamado Emotiv, funciona da seguinte maneira: através das ondas cerebrais, os cientistas leem os dados captados pela máquina e são capazes de descobrir quando alguém reconhece objetos, rostos ou locais familiares e assim "adivinhar" informações pessoais. Com o avanço da tecnologia, a expectativa é de que seja possível transformar as ondas cerebrais em imagens que filtrem melhor a busca pelos dados procurados.

Fonte: Terra
Publicidade