0

Procurado pelo FBI, "hacker do amor" é detido em El Salvador

15 fev 2017
19h26
  • separator
  • comentários

Um salvadorenho conhecido como "hacker do amor", que aparece na lista de procurados pelo FBI, foi detido pela Interpol e pela polícia de El Salvador, informou nesta quarta-feira uma fonte oficial.

"Nós participamos da captura de um salvadorenho na semana passada que tinha cometido uma fraude cibernética muito grande nos Estados Unidos", declarou o diretor da polícia salvadorenha, Howard Cotto, em declarações a veículos de comunicação locais.

Trata-se de Carlos Enrique Pérez Melara, acusado de intervir nas comunicações privadas de centenas de vítimas por meio de um aplicativo chamado "LoverSpy", o qual vendia com a promessa de descobrir infidelidades entre casais.

O programa enviava periodicamente e-mails a seus clientes com as mensagens privadas das vítimas junto com nomes de usuários, senhas e listas dos sites que visitaram.

Pérez Melara chegou aos Estados Unidos com um visto de turista e mais tarde obteve um de estudante para fazer cursos universitários em San Diego, Califórnia.

As autoridades americanas começaram a procura-lo a partir de julho de 2005, quando emitiram uma ordem de detenção na Califórnia por múltiplos crimes cibernéticos.

"Estamoscom toda a disposição de colaborar com as autoridades dos Estados Unidos porque entendemos que é um dos mais procurados pelo FBI", concluiu o chefe policial salvadorenho, que não deu mais detalhes sobre o processo.

De acordo com a imprensa local, Pérez Melara foi detido no último dia 2 de fevereiro em uma área exclusiva da capital San Salvador.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade