1 evento ao vivo

BuzzFeed chega ao Brasil traduzido por alunos de curso de inglês online

BuzzFeed Brasil estreia na sexta-feira com conteúdo em português traduzido por usuários da ferramenta de ensino de idiomas online Duolingo

13 out 2013
21h26
atualizado às 21h49
  • separator
  • comentários

"19 pessoas que estão tendo um dia pior que o seu" ou "43 coisas que farão você se sentir velho". Quem usa Facebook ou Twitter já deve ter visto - e compartilhado - um conteúdo assim: divertido, rápido e altamente viral. Isso é produto do BuzzFeed, site "moderninho" lançado em 2006 que mistura conteúdo jornalístico com entretenimento em uma plataforma que detecta, seleciona e distribui o que é tendência e o que de mais quente está acontecendo na rede. 

Versão brasileira é a primeira em língua não-inglesa e estreia na sexta-feira
Versão brasileira é a primeira em língua não-inglesa e estreia na sexta-feira
Foto: Divulgação / Arte Terra

Esse formato que balançou a "era social" da internet nos últimos anos chega ao País na sexta-feira, com o lançamento do BuzzFeed Brasil - sua primeira edição em língua não-inglesa. O lançamento brasileiro traz, mais uma vez, uma pequena revolução: todo o conteúdo do site está sendo traduzido para o português por estudantes brasileiros que estão aprendendo inglês online.

"Nós vamos começar no Brasil do mesmo jeito que começamos nos Estados Unidos, com conteúdo de entretenimento e divertido, do tipo que as pessoas querem compartilhar no Facebook", afirmou ao Terra o editor-chefe do BuzzFeed, Ben Smith. Ele se juntou à equipe do site no ano passado, depois de ter sido repórter do prestigiado site Politico.com, marcando uma transição do BuzzFeed, que passou a misturar conteúdo jornalístico com entretenimento, além de matérias pagas, os publieditoriais, sua principal fonte de receita.

Segundo Ben, o Brasil é o país de língua não-inglesa com maior audiência no BuzzFeed. "O Brasil é o país da internet. Vocês compartilham mais no Facebook e no Twitter que qualquer outro país, ficam mais tempo online. Vocês têm uma cultura web muito rica", afirmou. 

Ben afirma que o BuzzFeed não chega ao Brasil para competir diretamente com nenhum outro veículo. "Nossa visão de mundo é que as pessoas abrem o Facebook, abrem o Twitter, e nesses feeds cada pedaço único de conteúdo está competindo com outro pedaço único de conteúdo. Tudo está competindo com tudo todo o tempo, e nós estamos interessados em fazer conteúdo que o brasileiro queira compartilhar", disse.

Tradução pelo Duolingo
A plataforma escolhida para traduzir o conteúdo do BuzzFeed para o português é o Duolingo, ferramenta gratuita de ensino de idiomas. O serviço tem um fundamento simples: o aluno não paga nada para estudar, mas usa o conhecimento adquirido nas aulas para ir traduzindo trechos de textos da internet durante a aprendizagem, como contrapartida pelo curso.

"Escolhemos o Duolingo porque as traduções são muito melhores que as feitas por uma máquina. Nosso conteúdo é muito idiomático, com muito humor, muitas nuances e cultura pop. Se você colocar isso no Google Tradutor, vira um desastre. Tradutores profissionais podem ser rígidos e formais para algumas traduções. Seres humanos normais fazendo uma tradução puxam uma voz mais natural. Eu acho que é o futuro da tradução", afirmou Ben.

Tradução das postagens do BuzzFeed é feita pelos alunos do Duolingo
Tradução das postagens do BuzzFeed é feita pelos alunos do Duolingo
Foto: Reprodução

O BuzzFeed é o primeiro cliente do Duolingo, lançado há menos de dois anos e criado pelo guatemalteco Luis von Ahn, um pioneiro do crowdsourcing. Até agora, a plataforma traduzia artigos da Wikipédia ou textos enviados pelos próprios usuários. A parceria dá visibilidade ao serviço prestado pela Duolingo e abre caminho para que a ferramenta se torne rentável.

Antes de criar o Duolingo - que usa o conhecimento da multidão da internet para traduzir textos -, ele criou um serviço que usa o mesmo princípio para digitalizar livros e jornais, o reCaptcha. Sabe quando você digita aquela sequência de letras distorcidas para provar que é um ser humano ao usar serviços online e que protege os sites de fraudes e spam? Pois o reCaptcha usa essa sua "mão de obra". As letras distorcidas são trechos escaneados de livros e revistas que estão sendo digitalizadas, mas que os computadores não compreendem para transformá-los em texto. Essa ferramenta foi vendida para o Google em 2009.

"Eles estavam pensando em se expandir para outros mercados e em outras línguas, e tradução é normalmente um negócio muito caro", afirmou o CEO do Duolingo, Luis von Ahn, ao Terra. "Esta é a primeira vez que uma companhia paga por traduções feitas por estudantes, e a qualidade é excelente. É muito encorajador para a forma como o nosso negócio funciona, pois o BuzzFeed está financiando a educação gratuita", disse.

O Duolingo tem 10 milhões de usuários mundialmente e oferece cursos em seis línguas, número que deve crescer com a incubadora de idiomas, ferramenta lançada na semana passada. A tradução do BuzzFeed para o português será feita pelos 1,2 milhão de alunos falantes nativos de português que estão aprendendo inglês pela plataforma, segundo números disponíveis no site. Depois de feita a tradução, o algoritmo do BuzzFeed combina as melhores para finalizar o post. Da publicação do texto original à finalização, cada artigo leva em média oito horas para ser traduzido.

O próprio editor-chefe do BuzzFeed usa o Duolingo. Ele está estudando português pela plataforma há dois meses e chegou a arriscar algumas palavras durante a entrevista ao Terra ("eu falou inglês") e a ler um post do BuzzFeed ("pessoas que você tem que deletar do Facebook agora").

Conteúdo original
Apesar de começar apenas com textos traduzidos, a ideia é que com o tempo o BuzzFeed comece a produzir conteúdo original para o Brasil. "Estamos tentando traduzir os nossos melhores conteúdos e os mais populares. Porque eu acho que esse conteúdo é global. A experiência de ter 29 ou 30 anos é provavelmente muito semelhante em Nova York e no Rio", afirmou Ben.

Editor-chefe do BuzzFeed, Ben Smith, está aprendendo português no Duolingo
Editor-chefe do BuzzFeed, Ben Smith, está aprendendo português no Duolingo
Foto: Getty Images

Por enquanto, não haverá nem operação comercial na edição brasileira. "É um experimento. Precisamos primeiro conquistar leitores para depois pensarmos em vender alguma coisa. Foi o que fizemos no Reino Unido. Construímos uma equipe editorial, um grande fluxo de conteúdo com que as pessoas se importavam e só depois começamos a vender anúncio, depois de termos certeza de que as pessoas gostavam da gente", disse o editor-chefe do site.

A edição brasileira conta com um editor trabalhando na redação em Nova York, e a empresa está atrás de outro. Estes jornalistas irão criar conteúdo original e gerenciar o material traduzido, além de observar os hábitos de compartilhamento dos usuários locais. Além disso, dois brasileiros que já trabalham na edição americana do BuzzFeed estão ajudando a dar a largada no site. 

A edição brasileira do BuzzFeed vai complementar um conteúdo do site que já circula hoje em português pelas redes sociais. Esse conteúdo é criado através da plataforma do BuzzFeed Community, que permite que qualquer usuário cadastrado crie uma postagem no site.

"Eu acho que o crowdsourcing é parte do futuro e do presente da mídia. Nós temos uma grande comunidade que nós amamos e que quer criar um ótimo conteúdo para compartilhar em todas as redes sociais. Mas nós também contratamos jornalistas como loucos no último ano. Eu acho que ter as duas coisas, andando juntas, é muito importante", disse Ben.

Além do Brasil, o BuzzFeed também terá em breve versões em espanhol e francês, também traduzidas pelos alunos do Duolingo. A versão em espanhol deve ser lançada em 21 de outubro, enquanto a francesa terá início em 4 de novembro. A língua em que o BuzzFeed será exibido ao usuário será definida pelo idioma configurado no navegador. 

Compare as traduções

Texto original

Duolingo

Google tradutor
36 Things You Never Realized Everyone Else Does Too   36 Coisas que Você Nunca Percebeu que Todo Mundo Também Faz  36 coisas que você nunca percebi todo mundo faz Too
You're a very strange person. Just like everyone else.  Você é uma pessoa muito estranha. Assim como todo mundo.   Você é uma pessoa muito estranha. Assim como todos os outros.
1. On a road trip, you start to think of the other cars as your travel companions, and feel a tinge of sadness when you exit the highway. 1. Numa viagem pela estrada, você começa a pensar nos outros carros como seus companheiros de viagem e sente uma ponta de tristeza quando sai da rodovia. 1. Em uma viagem, você começa a pensar nos outros carros como seus companheiros de viagem, e sinto uma pontinha de tristeza quando você sair da estrada.
2. You still unconsciously think of the '90s as being 10 years ago. 2. Você ainda pensa inconscientemente que os anos 90 foram há dez anos atrás. 2. Você ainda inconscientemente acho que dos anos 90 como sendo 10 anos.
3. You immediately go back and read an email right after you hit send. 3. Você imediatamente volta e lê um e-mail logo depois de clicar em "enviar". 3. Você imediatamente voltar e ler um e-mail logo após clique em enviar.
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade